2012-11-15

Excerto

 
"Mas passa-se uma coisa extraordinária. Como me esqueci de pôr a correia no açaimo e como, sem correia, o principezinho nunca se pode ter servido dele, ando sempre com uma dúvida: a ovelha terá ou não comido a flor?
Umas vezes, penso: «Claro que não! O principezinho põe a flor todas as noites debaixo da redoma de vidro e, de dia, não tira os olhos da ovelha...» E fico feliz. E todas as estrelas se põem a rir baixinho.
Outras vezes, penso:«Uma distracção e basta... Se calhar, um dia, o principezinho esqueceu-se da redoma de vidro... ou a ovelha escapou-se-lhe de noite, sem fazer barulho...» E todos os guizinhos se transformam em lágrimas!...

Que grande mistério! Vão ver que também para vocês, que gostam do principezinho, nada no Universo fica na mesma se algures, não se sabe bem onde, uma ovelha que nós não conhecemos tiver ou não comido uma rosa...
Ora olhem para o céu e pensem: «A ovelha terá ou não comido a flor?» Vão ver como tudo muda...
E nunca nenhuma pessoa crescida há-de entender como isso é importante!"

                 Antoine de Saint-Exupéry in "O Principezinho"