2010-09-10

às vezes a mudança faz bem...!!!

No final do ano lectivo andei bastante perplexa sobre o futuro escolar do meu filho. 7º ano e agora, transfiro-o de escola, não transfiro?! As dúvidas persistiram durante bastante tempo. Por um lado ele não queria deixar esta escola porque isso queria dizer que deixaria alguns colegas que gostava, por outro lado o rigor e a exigência nesta escola colocavam-na um bocadinho aquém das minhas expectativas para ele.
Sou defensora de escolas mais pequenas, turmas mais pequenas, professores mais motivados, que levarão consequentemente a alunos mais motivados. Ninguém se esquece de um ou outro professor fora de série, fantástico, fabuloso que marcou a nossa vida para sempre e que jamais o esqueceremos, porque ficou dentro de nós, do nosso coração e que eventualmente, mesmo sem o querer, tenha influenciado o nosso futuro.
A reunião de hoje de manhã com a directora de turma, deixou-me uma boa impressão da nova escola do meu filho. Esperemos então que tudo corra pelo melhor.
________________

Eu sei, eu sei que não existem escolas perfeitas, alunos perfeitos e muito menos filhos que gostem de estudar muito e pais que tenham muito tempo para os ajudar mas... enfim, apesar disso, e enquanto mãe, eu tenho todo o direito de exigir o melhor do mundo para ele.